Buscar

SOLENIDADE DE TODOS OS FIÉIS DEFUNTOS


No dia 02 de novembro, feriado nacional, dia de finados, a Santa Missa Solene de Todos os Fiéis Defuntos na Matriz de Nossa Senhora de Fátima em Macaé/RJ foi presidida pelo pároco Padre Fábio Felippe às 09h. A Celebração Eucarística foi aberta ao público, sem a necessidade de agendamento prévio. Contou com expressiva participação dos fiéis e foram observadas as normas sanitárias previstas pela Diocese de Nova Friburgo e pela prefeitura de Macaé contra a disseminação da COVID-19. Contou ainda com a transmissão AO VIVO através do canal do YouTube Pascom Fátima Macaé e as mídias digitais da paróquia.






Em sua reflexão, o pároco realçou a importância de olhar para o dia de finados com mais otimismo, segundo a liturgia da Igreja é dia de comemoração. Dia em que se comemora a cidade do céu. Destacou o evangelho do dia, de São João, a ressurreição e a vida, tendo como referência a própria ressurreição de Cristo. “Pois está é a vontade do meu Pai, que toda a pessoa que vê o Filho e Nele crê, tenha a Vida Eterna. E Eu o ressuscitarei no último dia”.



- Nós somos pessoas da ressureição, somos pessoas da Páscoa. Me recordo as palavras de Dom Rafael Cifuentes: “Nós estamos caminhando para a vida, Vida eterna e não para a morte!” Quem está nos esperando no entardecer das nossas vidas? Jesus. Santo Agostinho e Santo Ambrósio ensinam que mesmo que não queiramos, todos nós iremos um dia morrer. É inevitável este momento derradeiro em nossas vidas.





A palavra finados significa aqueles que tiveram um fim, que deixou de existir. No entanto, para nós cristãos a morte do corpo significa muito mais que terminar uma peregrinação terrestre. É o início da Vida eterna, dia de celebrar a esperança na ressureição. Não é um dia de tristeza, é momento de profunda oração e confiança na misericórdia de Deus. Fazer memória de tantos entes queridos: familiares e amigos que fizeram a sua Páscoa. São João da Cruz, doutor da Igreja, nos diz “No entardecer das nossas vidas, seremos julgados pelo Amor!”. Mais que saudades, que este dia seja de oração. Que tenhamos a alegria da ressureição!




14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo